PELE NORMAL

O que é pele normal?

“Normal” é um termo largamente utilizado para se  referir à pele balanceada. O termo científico para pele saudável é eudérmica. A  zona T (testa, queixo e nariz) pode ser um pouco oleosa, mas o sebo total e umidade são equilibradas e a pele nem é muito oleosa nem muito seca.

Como identificar a pele normal

Pele normal tem:

  • Poros finos
  • Boa circulação sanguínea
  • Textura aveludada, suave e lisa
  • Transparência  e frescor uniforme, cor rosada
  • Sem manchas

e sem propensão a sensibilidade.

À medida que a pessoa com pele normal envelhece, sua pele pode ressecar. Leia mais em ressecamento causado pela idade.

Uma textura aveludada, macia e lisa é sinal de uma pele saudável e radiante.

 

PELE SECA

O que é pele seca?

O termo “seco” é utilizado para descrever uma pele incapaz de reter água no volume necessário. Isso geralmente está associado à produção reduzida de lipídios na pele. Por causa da falta de sebo, a pele seca carece de lipídios necessários para reter umidade e construir um escudo protetor contra influências externas. Isto leva a um comprometimento da função de barreira. A Pele seca (Xerose) existe em vários níveis de gravidade e em diferentes formas que nem sempre são distinguíveis com clareza.

É significativamente maior o número de mulheres que de homens com pele seca e todas as peles ficam mais ressecadas com o envelhecimento. Os problemas relacionados à pele seca são uma queixa comum e explicam 40% das visitas ao dermatologista.

As causas de pele seca

A umidade da pele resulta da água das suas camadas mais profundas e da transpiração.

A pele perde água constantemente através de:

  • Transpiração: perda de água a partir da produção originada nas glândulas sudoríparas motivada pelo calor, tensão emocional e atividades físicas, por exemplo.
  • Perda Transepidérmica de água (PTEA): forma natural através da qual a pele distribui cerca de meio litro de água por dia, a partir de suas camadas mais profundas;

Pele seca é causada por uma falta de:

  • Fatores de hidratação naturais (FHNs) , especialmente uréia, aminoácidos e ácido láctico que ajudam a fixar água.
  • Lipídios epidérmicos tais como ceramidas, ácidos graxos e colesterol que são necessários para uma função saudável da barreira cutânea.

Como resultado, a função de barreira da pele pode ser comprometida.

Rigidez e aspereza quase sempre estão presentes numa pele seca.

Mulheres idosas com pele seca têm mais rugas e linhas pronunciadas.

Como identificar diferentes graus de pele seca

Pele seca apresenta variações que vão desde o tipo de pele que apresenta-se um pouquinho mais seca que a normal, a pele muito seca, e até extremamente seca.

Pele seca 
A pele levemente seca apresenta sensação de rigidez, sensibilidade, aspereza e com tonalidade mais opaca.

Pele muito seca
A falta de tratamento pode levar a:

  • Leve descamação ou áreas escamosas
  • aspecto áspero e manchado (às vezes parece ser precocemente envelhecida)
  • sensação de rigidez
  • possibilidade de coceira

é também mais sensível a irritação, vermelhidão e o risco de infecções. Descubra mais sobre a pele seca nos artigos disponíveis neste site.

Pele extremamente seca
Certas áreas do corpo – particularmente mãos, pés, cotovelos e joelhos – estão propensos a:

  • Aspereza
  • rachaduras com tendência a formar frestas
  • calos
  • descamação
  • coceira frequente

Casos de pele extremamente seca são geralmente encontrados em pessoas com mais idade, especialmente na pele das mãos e pés. Leia mais em “Pele corporal áspera e rachada.

Fatores internos e externos podem alterar a capacidade de hidratação da pele.

As solas dos pés tendem a se tornar-ressecadas e rachadas.

PELE OLEOSA

O que é pele oleosa?

Pele oleosa
“Oleosa” descreve um tipo de pele com alta produção de sebo.

As causas de pele oleosa

Um número de questões desencadeia a superprodução de sebo:

  • genética
  • mudanças hormonais e desequilíbrios
  • medicamentos
  • estresse
  • cosméticos comedogênicos (produtos de maquiagem que causam irritação)

A pele oleosa tende a ter manchas.

Como identificar os diferentes tipos de pele oleosa?

A pele oleosa é caracterizada por:

  • Poros visíveis e aumentados
  • Brilho excessivo
  • Pele grossa e pálida: vasos sanguíneos podem não ser visíveis

A pele oleosa está propensa a cravos (negros e brancos) e diversas formas de acne.

Na acne suave, aparece um número significativo de cravos, no rosto e frequentemente no pescoço, ombros, costas e no peito também.

Em casos moderados e graves aparecem pápulas (pequenas protuberâncias sem cabeça branca ou preta visível), e pústulas (protuberâncias de tamanho médio com um ponto branco ou amarelo perceptível no centro) e a pele fica avermelhada e inflamada.

Pele oleosa pode ser caracterizada por poros aumentados e visíveis.

Os problemas de acne aparecem na zona T e especialmente na puberdade.

PELE MISTA

O que é pele mista?

Na pele mista os tipos de pele variam na zona T e nas bochechas. A chamada zona T pode diferir consideravelmente – de uma zona muito delgada a uma área estendida.

A pele mista é caracterizada por:

  • uma zona chamada de T com característica oleosa (testa, queixo e nariz);
  • poros ampliados nesta área talvez com algumas lesões de acne não-inflamatórias (cravos);
  • pele normal a seca nas bochechas

Uma zona T oleosa (testa, nariz e queixo) e bochechas com pele mais seca indicam a presença da pele mista.

As causas da pele mista

As partes mais oleosas da pele mista são causadas pela produção excessiva de sebo. As partes mais secas de pele mista são causadas pela falta de sebo e ao correspondente deficit de lipídios.

Fatores de hidratação naturais (FHNs)
Produzidos naturalmente na pele saudável, FHNs tais como aminoácidos ajudam a fixar a água na pele, mantem a elasticidade e firmeza e impedem que ela se desidrate. Quando a barreira protetora da pele é danificada, ela fica incapaz de reter os FHNs essenciais e dessa maneira, a umidade da pele diminui e o estado geral desta pele é afetado.

Sensibilidade da pele
A pele sensível é aquela que se torna facilmente irritada e tem mais reações que a pele normal. Identificar e avaliar os sintomas tais como vermelhidão, erupção, ardor, coceira e queimação, ajuda a determinar o estado da pele.