Procedimento de Redução de Mama

redução da mama, mamoplastia redutora, é uma das mais comuns dentre as cirurgias estéticas, pois além de ser indicada para melhorar o aspecto estético da mama, também é indicada como recurso complementar no tratamento profilático de certas doenças da mama e como prevenção de problemas causados por mamas muito grandes.

As mamas grandes causam diversos incômodos nos pacientes: dores nas costas, dificuldade para fazer exercícios, baixa autoestima, vergonha, dificuldade para achar roupas.

Atualmente, realizamos a cirurgia com ou sem prótese. A prótese confere contorno mais marcado, e nesses casos, retiramos mais tecido mamário para compensar o volume extra do silicone.

A cirurgia é um procedimento feito em ambiente hospitalar, com duração em torno de 3 horas, tendo alta no dia seguinte após avaliação da equipe. O tempo de retorno as atividades é em torno de 21 a 30 dias.

A cirurgia estética das mamas deixa cicatrizes?

A redução dos seios, depende da retirada do volume extra, e para isso necessitamos da cicatriz em T na maioria das vezes.

Felizmente, a mamoplastia nos permite colocar as cicatrizes bastante, o que é muito conveniente. Para melhor esclarecer sobre a evolução cicatricial, vamos relatar os diversos períodos pelos quais as cicatrizes passarão, após a redução de mama ou suspensão dos seios:

Período Imediato: Vai até o 30º dia e apresenta-se com aspecto excelente e pouco visível. Alguns casos apresentam uma discreta reação aos pontos ou ao curativo.

Período Mediato: Vai do 30º dia até o 12º mês. Neste período haverá um espessamento natural da cicatriz, bem como uma mudança na tonalidade de sua cor, passando do “vermelho” para o “marrom” que vai, aos poucos, clareando. Este período, o menos favorável da evolução cicatricial, é o que mais preocupa as pacientes. Como não podemos apressar o processo natural de cicatrização, recomendamos às pacientes que não se preocupem, pois, o período tardio se encarregará de diminuir os vestígios cicatriciais.

Período Tardio: Vai do 12º ao 18º mês. Neste período a cicatriz começa a tornar-se mais clara e menos consistente atingindo assim, o seu aspecto definitivo. Qualquer avaliação do resultado definitivo da cirurgia das mamas deverá ser feita após este período.

Como ficarão minhas novas mamas, em relação ao tamanho e consistência?

As mamas podem ter seu volume reduzido através da cirurgia; além disso, sua consistência e forma também são melhoradas com uma intervenção, porém vários fatores interferem na consistência, formato e duração do resultado de uma plástica mamária: flacidez cutãnea, proporção glândula / gordura. Assim é que, para os casos de redução de volume e levantamento de sua posição, podemos optar por vários volumes, dentro das possibilidades que a mama original nos permita planejar, sem comprometê-la futuramente. Aqui, como no caso do aumento do volume, deverão ser equilibradas as proporções entre o volume da nova mama e o tamanho do tórax da paciente a fim de obtermos maior harmonia estética. Nessa ocasião a flacidez e a forma da mama original são melhoradas; entretanto, “as novas mamas” passam por vários períodos evolutivos:

Período Imediato: Vai até o 30º dia. Neste período, apesar das mamas se apresentarem com aspecto bem melhorado, sua forma ainda está aquém do resultado planejado, pois, até que se atinja a forma definitiva, surgem “pequenos defeitos” aparentes iniciais (inevitáveis em todos os casos), que tendem a desaparecer com o decorrer do tempo. Lembre-se desta observação: Geralmente nenhuma mama fica “perfeita” no pós-operatório imediato.

Período Mediato: Vai do 30º dia até o 8º mês. Neste período, a mama começa a apresentar uma evolução que tende à forma definitiva. Não são raros neste  período uma certa insensibilidade ou hipersensibilidade do mamilo, além de maior ou menor grau de “inchaço ” das mamas; além disso, sua forma está aquém da definitiva. Apesar de certa  euforia da maioria das pacientes, já neste período, o  resultado ficará melhor ainda, pois isto será a característica do 3º período (tardio).

Período Tardio: Vai do 8º ao 18º mês. É o período em que a mama atinge seu aspecto definitivo (cicatriz, forma, consistência, volume, sensibilidade). É neste período que costumamos fotografar os casos operados, afim de compará-los com o aspecto pré-operatório de cada paciente. Tem grande importância, no resultado final, o grau de elasticidade da pele das mamas bem como o volume conseguido. O equilíbrio entre ambos varia de caso para caso.

Em quanto tempo atingirei o resultado definitivo?

Apesar do resultado imediato ser muito bom, somente em torno do 12º mês é que as mamas atingirão sua forma definitiva.

No caso de nova gravidez, o resultado permanecerá ou ficará prejudicado?

Quando se tratar de mamas muito grandes, que foram reduzidas acentuadamente, a lactação poderá ficar prejudicada. Em casos de pequenas e médias reduções, a lactação geralmente é  preservada. Quanto ao resultado, poderá ser parcialmente preservado, desde que controle seu aumento de peso na nova gestação.

O pós-operatório da cirurgia mamária é doloroso?

Em geral, não. Desde que você obedeça às instruções médicas, principalmente no que tange à movimentação dos braços, esforços e demais cuidados nos primeiros dias.

Qual o tipo de anestesia utilizada?

Anestesia geral.

Quando são retirados os pontos?

Utulizamos na maioria dos casos a cola cirúrgica, sendo assim quase não há pontos para retirar.

Quando tomarei banho completo?

Geralmente, após 2 dias. Alguns casos poderão determinar cuidados sobre a área operada,

Quando poderei retornar a minha ginástica?

Geralmente após 90 dias.

Fique por dentro de outros materiais disponíveis.

Saiba mais sobre:

Paciente com Sobre Peso
Realize seu Sonho

Fique por dentro de outros materiais disponíveis.

Saiba mais sobre:

Paciente com Sobre Peso
Realize seu Sonho